Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

VALOR REAL

Notas de um Perito e Avaliador de Artigos com Metais Preciosos e Materiais Gemologicos. Os meus estudos, investigações e avaliações sobre algumas das minhas paixões: ourivesaria, numismática, pedras preciosas, ...

Um grande exemplar!

30.05.15 | Carlos Tavares

FullSizeRender.jpg

 

Desde o século XVI que o valor dos diamantes era obtido com base em determindas características como a pureza, a cor e o peso, referindo-se até como de "primeira água" os de melhor qualidade.

Atualmente um diamante é classificado com base nos "4Cs", Caract (quilate como unidade de peso), Colour (cor), Clarity (pureza) e Cut (talha) que, depois de devidamente identificados, permitam classificar e atribuir o seu verdadeiro valor.

Recentemente tive a oportunidade de observar um grande exemplar de diamante com lapidação brilhante com proporções e polimento excelente, com o peso de 4,01 ct.

Apesar de montado num anel de ouro branco tinha uma cor ligeiramente acentuada (M na escala de cor), era possuídor de uma pureza VS2 e estava certificado pelo Instituto de Gemologia HRD.

Como o valor de um objeto é aquilo que o mercado está disposto pagar por ele e apesar de termos referencias através do Rapaport Weekly Report (relatório semanal dos mercados mundiais de jóias e diamantes), qual o valor que deverei atribuir a esta jóia?

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.